O Cachorro e o Jeep

Tradução e Adaptação: Eduardo Andrade.

Um cara de Michigan comprou um Jeep Grand Cherokee, no valor deU$ 30 000,00 dólares, como presente de natal.

Então ele partiu para o seu bar favorito e junto com os seus amigos, começou a comemorar despejando litros e litros de cerveja pela garganta abaixo, em um daqueles rituais que unem os homens.

Em um dado momento, todos já bêbados, os cinco amigos decidiram fazer um teste de direção com o novo veículo e acharam que a melhor forma, seria fazer uma expedição para caçar patos ou pescar.

Eles carregaram o Jeep com um cachorro, as armas, as iscas e cervejas e dirigiram-se para um lago próximo.

Agora é alto inverno e o lago está congelado, portanto eles precisavam fazer um buraco no gelo para guardar as iscas e tentar uma pescaria, mais tarde.

É prática comum em Michigan, levar o veiculo para o lago congelado e também é comum (mas ligeiramente ilegal), fazer um buraco no gelo usando dinamite.

Nossos amigos, não tinham com o que preocupar, pois um dos membros da festa, trabalhava para uma Empresa de Construção de Estradas e havia levado algumas dinamites com ele.

O pavio das bananas de dinamite, detona o artefato em 20 segundos.

O grupo estava pronto para a ação.

Todos estavam preparados.

Suas armas estavam carregadas com balas para matar patos e todos tinham cerveja suficiente, roupas quentes e um cachorro de caça.

Então, começaram a discutir a forma mais segura de fazer um buraco no gelo com a dinamite.

Um desses cientistas de foguetes, destacou que a dinamite deveria explodir, longe do local onde eles estavam.

O outro, falou sobre o risco de escorregar no gelo quando estivesse fugindo do pavio aceso da dinamite.

Finalmente, eles concordaram e decidiram que o jeito mais seguro, seria acender o pavio da dinamite e atirar bem longe no gelo.

Houve um pouco de discussão sobre quem tinha o braço mais forte, porém, no fim, o dono do Cherokee venceu com honras e palmas.

Uma vez que a questão estava fechada, ele caminhou cerca de cinco metros para dentro do gelo e segurou a banana de dinamite firme, enquanto um dos seus companheiros acendia o pavio, com um isqueiro Zippo.(Aquele imortalizado isqueiro da guerra do Vietnã, que quando os soldados acendiam o cigarro na noite, eram fuzilados, pelos vietcongs).

Tão logo ouviu-se a espoleta chiar, ele atirou a dinamite através do lago e correu na outra direção.

Infelizmente, um membro de outra espécie, viu o movimento do braço do seu mestre e tomou uma decisão instintiva.

Lembram-se de alguns parágrafos atrás eu mencionei: O veículo, a cerveja, as armas e o cachorro?

Sim, o cachorro!

Um Labrador preto, nascido, criado e treinado para recuperar, especialmente coisas, atiradas pelo seu dono.

Tão logo a dinamite deixou aquela mão, o cachorro correu a toda velocidade sobre o gelo, empenhado em segurar entre suas mandibulas, o atraente objeto em forma de bengala de dinamite.

Cinco frenéticos amigos começaram a gritar para o cachorro, tentando fazê-lo parar de perseguir o objeto.

Porém...

Seus gritos ecoaram em ouvidos surdos...

Antes de você imaginar, o “recuperador” estava dirigindo-se de volta para o seu dono, todo orgulhoso, com uma banana de dinamite com o pavio aceso e pronta para explodir em 20 segundos.

O grupo continuou a gritar, enquanto o cachorro feliz, trotava em direção deles.

Em um ato desesperado, o seu mestre, agarrou uma arma e disparou em seu próprio cachorro.

A arma estava carregada com balas para matar patos e confundiu o cachorro mais do que o feriu.

Perplexo, o cão continuou em direção do seu dono que atirou no melhor amigo do homem, novamente.

Finalmente, compreendendo que o seu dono tinha ficado louco o cachorro procurou por proteção com o rabo entre as pernas e o lugar mais próximo para se proteger, foi embaixo do Jeep, Grand Cherokee, novinho em folha.

Então...

Boommm, o cachorro e o Jeep explodiram em pedaços e afundaram no fundo do lago, deixando um grande buraco no gelo de sua superfície.

Os homens ficaram parados de pé, olhando para as águas do lago, com um jeito estúpido em seus rostos.

Ao dono do Jeep, ficou a missão de explicar a má sorte a companhia de seguro.

Nem é preciso dizer: eles determinaram que um veiculo afundado num lago, por uso ilegal de explosivos, não tinha cobertura da apólice de seguros.

O dono do Jeep , ainda está fazendo pagamento de U$ 400,00 dólares das prestações mensais do seu Grand Cherokee, novinho em folha, que agora repousa tranqüilo e em pedaços, junto com os restos mortais de um Cão Labrador, no fundo do lago Michigan

publicado por universoinverso às 03:07 | link do post
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Março 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
arquivos
2017
2016
2015
2014
2013
2012
2011
SAPO Blogs